GREVE DOS TRABALHADORES DO MINIPREÇO/CLAREL

GREVE DOS TRABALHADORES DO MINIPREÇO/CLAREL A escravatura acabou, gritavam os trabalhadores, que se concentraram à porta da sede da empresa em Oeiras, no passado dia 13. Os trabalhadores estiveram em greve levando ao encerramento de muitas lojas no país. Exigiram ser ouvidos e as suas reivindicações serem respeitadas. São trabalhadores que lutam por aumentos salariais face à perda de poder de compra que têm vivido nos últimos anos. São ritmos de trabalho elevadíssimos face ao reduzido número de trabalhadores existente nas lojas e armazéns. São horários selvagens que impossibilitam a conciliação do trabalho com a vida pessoal e familiar. Perseguição à organização sindical é uma realidade inaceitável. A empresa chega a incentivar os responsáveis de loja a atribuir má avaliação aos operadores, chegando ao ponto de ordenaram a reavaliação quando consideram muito boa. Os trabalhadores aprovaram uma resolução onde decidiram prosseguir a luta aderindo à greve prevista para o 1º de Maio.

Está em... Home Acção Reivindicativa GREVE DOS TRABALHADORES DO MINIPREÇO/CLAREL