Os Trabalhadores da Grande Distribuição Lutam por Melhores Condições de Trabalho!

O CESP está a realizar um conjunto de greves e acções de denúncia nos locais de trabalho da grande distribuição nos dias: 22 de Outubro ( Greve dos trabalhadores da loja do Dia/ Minipreço da Rua Morais Soares c/ concentração à porta às 10H), 24 de Outubro (greve dos trabalhadores dos trabalhadores do Pingo Doce de Paço de Arcos  concentração à porta da loja às 11h e acção de denúncia na loja do Pingo Doce de Algés às 15h), e 31 de Outubro (greve dos trabalhadores da logística da Sonae c/ concentração na sede dos RH em Alfragide/ Amadora às 10h30.    

Os Clientes tiveram a oportunidade de tomar conhecimento, através do documento distribuído à porta da loja do Dia /Minipreço, as más condições de trabalho. Estes chegam a ser obrigados a trabalhar, no verão com temperaturas que rondam os 40ºC, porque não existe ar condicionado, nem extractores de fumo adequados para ultrapassar o problema dos fumos causados pelos assadores existentes na loja.    

A revisão do contrato colectivo é fundamental, para pôr cobro: aos baixos salários praticados pelas empresas deste sector de actividade, à selva que constitui os horários impostos; à pressão e intimidação por parte de algumas chefias; à imposição de Bancos de horas; à obstaculização de exercer o direito a horários flexíveis para pais com responsabilidades familiares.    

Estas acções estão inseridas na luta dos trabalhadores da grande distribuição pela negociação do Contrato Colectivo de trabalho e integram-se na preparação para a mobilização para a manifestação nacional da CGTP-IN no dia 15 de Novembro.

Está em... Home Acção Reivindicativa Os Trabalhadores da Grande Distribuição Lutam por Melhores Condições de Trabalho!