DOCUMENTOS APROVADOS NO 11º CONGRESSO DA USL

11º congresso usl documentosRealizado nos passados dias 13 e 14 de Novembro, sob o lema, “MAIS UNIÃO! COM CONFIANÇA NA LUTA, MAIS FORÇA A QUEM TRABALHA!” o 11º Congresso da União dos Sindicatos de Lisboa assenta nessa exigência, com o entendimento e convicção de que a força dos trabalhadores, unidos e organizados, é determinante na luta de classes, o motor das grandes transformações da sociedade. É nos locais de trabalho que os trabalhadores percebem melhor a exploração, que se desencadeia o conflito laboral e a acção reivindicativa, é a partir de lá que a consciência de classe e a luta de massas se ampliam e desenvolvem. É nos locais de trabalho que se concentram e se sindicalizam os trabalhadores, onde se elegem os delegados sindicais e os seus representantes, onde se recrutam quadros para os diferentes níveis da estrutura sindical. Neste sentido, o XI Congresso da USL elegeu como objectivos centrais da sua intervenção. Reforçar a organização, afirmando a acção sindical integrada, para uma melhor e mais eficaz intervenção dos sindicatos. Promover a unidade dos trabalhadores no quadro da plena consideração dos princípios e objectivos da CGTP-IN. A acção sindical integrada tem-se demonstrado como o método de trabalho mais consequente para consolidar a presença e afirmação dos sindicatos nos locais de trabalho, reforçar a organização de base, promover a acção reivindicativa e desenvolver a luta. A USL pode e deve, no quadro das suas competências, ter um papel fortemente dinamizador dessa acção.

Ler o Programa de Acção aprovado no Congresso.

Ler o Documento de Caracterização do Distrito.

Ler as Prioridades para a Acção Sindical.

Intervenção sobre o Emprego - Fernando Ambrioso

Fernando AmbriosoFalar sobre o emprego implica desde logo falar da quantidade de emprego gerado e destruído, da qualidade do emprego criado, do modelo de desenvolvimento que se pretende, tendo em conta a criação de postos de trabalho e com isso a redução do número de desempregados e melhoria das condições de vida e trabalho a que cada um tem direito, segundo a nossa constituição. Tendo por base o que acabo de dizer, torna-se hoje mais difícil falar deste tema. Não porque nestes quatro anos que mediaram entre o nosso X Congresso e hoje tenha aumentado a complexidade na análise dos números oficiais.

Ler intervenção.

Intervenção da Inter-Reformados Lisboa - Virgílio Guerreiro

Em nome da Direcção da Inter-Reformados/Lisboa saúdo todos os Delegados e Convidados ao 11º Congresso da USL. A Inter-Reformados/Lisboa tem como missão organizar e representar os trabalhadores reformados na defesa dos seus direitos colectivos, no âmbito do MSU do distrito de Lisboa. A sua actividade, com o apoio logístico da USL, é desenvolvida em sintonia e articulação com a Inter-Reformados Nacional e as orientações da CGTP-IN. Sendo Lisboa o distrito com a maior população de reformados e onde a força do MSU assume elevada expressão, cabe-nos uma missão exigente de enquadramento desta vasta e complexa frente de trabalho.

Ler intervenção.

Intervenção sobre Informação e Comunicação Sindical - Célia Portela

A informação e comunicação sindical constituem um instrumento fundamental para a acção sindical, têm como objectivo informar, esclarecer, melhorar a ligação dos trabalhadores aos sindicatos, reforçar a consciência de classe, mobilizar para a luta. Neste mandato a mensagem centrou-se inevitavelmente na luta contra as consequências de uma política que roubou nos salários e direitos dos trabalhadores, os reformados e os pensionistas, esmagou os desempregados e expulsou os jovens para fora do país.

Ler intervenção.

Intervenção sobre a Administração Local - João Coelho

João CoelhoO Poder Local Democrático é um pilar fundamental da democracia portuguesa, constituindo um dos eixos fundamentais da definição do Estado Português. Foi uma das maiores conquistas da democracia nascida com a revolução de Abril e um elemento fundamental na sua consolidação e afirmação. Ao longo dos últimos 39 anos, contribuiu de forma ímpar para a recuperação do atraso infraestrutural, para a redução das assimetrias regionais e para o desenvolvimento dos mais recônditos locais, prestando serviços públicos essenciais às populações e desempenhando também um papel primordial na dinamização do investimento, publico e privado sendo também responsável pela criação de emprego, directo e indirecto, promovendo desta forma profundas alterações económicas e sociais  marcando o rumo da descentralização democrática do Estado.

Ler intervenção.

Intervenção de abertura - Libério Domigues

Eis-nos chegados ao 11º Congresso da USL, o mais importante e significativo acontecimento na vida desta organização, a maior e mais representativa estrutura intermédia da CGTP-IN. Este é sempre o momento por excelência para a análise e balanço do trabalho realizado e simultaneamente para definir e lançar o trabalho futuro.

Nestes últimos 4 anos o mundo ficou mais desigual e perigoso. 

Ler intervenção.

Está em... Home Congresso Documentos