Erro
  • Erro ao carregar sinal web

TRIBUNA PÚBLICA SOBRE A PRECARIEDADE NO MUNICÍPIO DE LISBOA

TRIBUNA PÚBLICA SOBRE A PRECARIEDADE NO MUNICÍPIO DE LISBOAO STML e o STAL vão realizar, no dia 17 de Março pelas 14h30, uma tribuna pública sobre a precariedade, na Praça do Município. Na Câmara Municipal, Empresas Municipais e principalmente nas Juntas de Freguesia de Lisboa, o recurso a trabalhadores com vínculo precário tem sido nos últimos anos uma prática recorrente. Referimo-nos aos Contratos a Termo, Recibos-Verdes ou Contratos de Emprego/Inserção (CEI), que actualmente envolvem um número cada vez mais elevado de trabalhadores. Todos são indispensáveis ao funcionamento dos serviços públicos onde estão integrados, mas exercem as suas funções com nenhuns ou poucos direitos laborais e menos protecção social.

Há um Pré-aviso de Greve das 13h00 às 21h00 para todos os trabalhadores da Câmara Municipal, Juntas de Freguesia e Empresas Municipais!

O problema da precariedade afecta a vida de todos, começando pelo próprio trabalhador que nessa situação se encontra, mas também dos restantes que vêem a sua união e capacidade reivindicativa diminuída. É por esse motivo indispensável criar laços de solidariedade, desconstruir o isolamento a que são sujeitos os trabalhadores com vínculo precário, dando força à denúncia pública e à luta que é importante continuar a realizar.

É com estes objectivos que pretendemos realizar a Tribuna Pública na Praça do Município, permitindo os depoimentos e o debate sobre um problema que hoje atinge proporções inaceitáveis. Os trabalhadores não podem ficar à espera indefinidamente! O seu processo de integração deve ser célere e o mais abrangente possível, para que cada posto de trabalho permanente seja ocupado por um trabalhador com um vínculo laboral estável e efectivo.

Exigimos acima de tudo:

A integração no Mapa de Pessoal de todos os trabalhadores com vínculo precário a exercer funções de carácter permanente.

A revogação do regime de CEI, sinónimo de trabalho escravo.

A alteração do regime de Contratação a Termo, de forma a restringir a sua aplicação e a permitir a sua transformação em Contratos por Tempo Indeterminado.

Garantir o ingresso na respectiva carreira, em lugares dos mapas dos serviços da Administração Local, dos jovens estagiários, com contrato celebrado para o efeito.

Participa na Tribuna Pública!

Está em... Home Emprego TRIBUNA PÚBLICA SOBRE A PRECARIEDADE NO MUNICÍPIO DE LISBOA