CONCENTRAÇÃO DE ENFERMEIROS DO CENTRO HOSPITALAR LISBOA CENTRAL

CONCENTRAÇÃO DE ENFERMEIROS DO CENTRO HOSPITALAR LISBOA CENTRALNo próximo dia 6 Setembro pelas 11 horas no Hospital S. José, os enfermeiros deste centro hospital irão entregar um Abaixo-assinado e as cartas individuais dos CIT no Conselho de Administração. O abaixo-assinado exige a admissão de mais enfermeiros; o pagamento de todo o trabalho extraordinário, nos termos legais (dias em dívida); a reposição do valor integral (100%) das “Horas de Qualidade/Extraordinárias; as 35h para todos os enfermeiros, independentemente do vínculo. 

Abaixo-assinado; Carta individual dos CIT do CHLC; Comunicado do CHLC: Comunicado a distribuir aos utentes.

GUARDAS FLORESTAIS REALIZAM VIGÍLIA JUNTO AO MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA

GUARDAS FLORESTAIS REALIZAM VIGÍLIA JUNTO AO MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNAA Federação Nacional dos Sindicatos em Funções Públicas e Sociais promoveu hoje uma vigília junto ao Ministério da Administração Interna, no Terreiro do Paço, em Lisboa, entre as 11 e as 13 horas, para reivindicar melhores condições de trabalho para os Guardas Florestais ao Serviço da Protecção da Natureza e Ambiente/GNR (SEPNA/GNR). Nesta iniciativa os dirigentes e activistas sindicais participantes reafirmaram as suas principais reivindicações: a atribuição de suplementos remuneratórios que compensem as funções especificas de policiamento, fiscalização e investigação criminal no que diz respeito aos fogos florestais; o recrutamento de novos efectivos para a carreira que se encontra em regime de extinção; o pagamento dos retroactivos da valorização salarial atribuída com o novo estatuto; a actualização do cartão de identificação profissional; a regulamentação de várias matérias relacionadas com o estatuto profissional em vigor. 

Os guardas florestais do SEPNA/GNR não se conformam com o silêncio do Ministério, depois de o Secretário de Estado da Administração Interna se ter comprometido, em 23 de Maio, em encontrar soluções para as reivindicações apresentadas. No fim da vigília e depois de recebidos no Ministério ficou agendada uma reunião para 19 de Agosto para serem discutidas as justas reivindicações dos trabalhadores. Esta iniciativa, contou com a participação de João Torres da Comissão Executiva da CGTP-IN.

SISTEMA DE VIGILÂNCIA ELECTRÓNICA CONTINUA EM COLAPSO

SISTEMA DE VIGILÂNCIA ELECTRÓNICA CONTINUA EM COLAPSOO Governo continua sem dar resposta ao problema da manifesta falta de técnico-profissionais de reinserção social no Sistema de Vigilância Electrónica (pulseiras electrónicas) que se encontra em colapso, o que se comprova pelo facto de 8 das 10 unidades existentes e espalhadas pelo País, encerrem à noite, sobrecarregando a unidade de supervisão (CNAO), o que põe em risco o normal funcionamento das medidas de coação aplicadas. Apesar de a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS) ter solicitado uma reunião, com carácter de urgência, à Ministra da Justiça, para discutir uma solução para este grave problema, até à data, aquela ainda não deu qualquer resposta. Deste modo, uma delegação da FNSTFPS irá deslocar-se ao Ministério da Justiça, no próximo dia 24 de Julho, pelas 14.30h, para ser recebida pela Ministra da Justiça, para discutir este assunto que justifica medidas urgentes.

Mais... SISTEMA DE VIGILÂNCIA ELECTRÓNICA CONTINUA EM COLAPSO

QUINZENA EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO E POR RESPOSTAS ÀS REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES

QUINZENA EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO E POR RESPOSTAS ÀS REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES"Desenvolver, entre os dias 12 e 23 de Setembro de 2016, uma campanha sob o lema: “Trabalhadores e utentes querem respostas urgentes”, com acções públicas conjuntas com organizações de utentes, abaixo assinados, mobilização dos trabalhadores em cada empresa na forma de acções de protesto na rua, concentrações/manifestações, tribunas públicas, plenários e paralisações, em função das reivindicações para a resolução dos problemas concretos", foi a principal decisão do plenário de dirigentes e activistas sindicais e membros das CTs, hoje realizado, em Lisboa, que aprovou uma resolução, de seguida entregue na Residência Oficial do 1º Ministro.

PLATAFORMA LISBOA EM DEFESA DO SNS DENUNCIOU ENCERRAMENTO DE SERVIÇOS NO PULIDO VALENTE!

PLATAFORMA LISBOA EM DEFESA DO SNS DENUNCIOU ENCERRAMENTO DE SERVIÇOS NO PULIDO VALENTE!A Plataforma Lisboa em defesa do Serviço Nacional de Saúde, realizou, no dia 13 de Julho, uma distribuição aos utentes e trabalhadores do Hospital Pulido Valente, em Defesa dos Serviços Públicos de Qualidade e para todos, contra a entrega dos cuidados continuados e paliativos a privados.
No início da cada época balnear, o Hospital Pulido Valente (HPV) vai sofrendo com o encerramento de serviços! Mais um serviço de medicina encerrado e transferido para o Hospital de Santa Maria. 

Ler documento distribuição aos utentes e trabalhadores.

Mais... PLATAFORMA LISBOA EM DEFESA DO SNS DENUNCIOU ENCERRAMENTO DE SERVIÇOS NO PULIDO VALENTE!

TRABALHADORES E UTENTES QUEREM RESPOSTAS URGENTES!

TRABALHADORES E UTENTES QUEREM RESPOSTAS URGESTES!Face à contínua degradação do serviço público das empresas públicas de transportes, em virtude da falta de trabalhadores, do desinvestimento nas empresas que se reflectem na qualidade do serviço, na falta de material circulante por imobilização ou envelhecimento, a FECTRANS realiza, amanhã, a partir das 10 horas, no Largo de Santos, em Lisboa, um plenário de dirigentes e activistas sindicais e membros das Comissões de Trabalhadores das empresas de transportes, incluídas no sector público, que contará com a presença de Arménio Carlos, secretário-geral da CGTP-IN, onde se discutirá um documento a entregar ao primeiro ministro, em defesa de um transporte público de qualidade e seguro ao serviço das necessidades do país e dos utentes.

CONCENTRAÇÃO - 18 DE JUNHO - DEFENDER E REVIGORAR A ESCOLA PÚBLICA

CONCENTRAÇÃO - 18 DE JUNHO - DEFENDER E REVIGORAR A ESCOLA PÚBLICADefender e revigorar a Escola Pública de qualidade, democrática e inclusiva é crucial para salvaguardar a igualdade de oportunidades, permitir o desenvolvimento integral de todos os indivíduos e contribuir também para a elevação das qualificações e o desenvolvimento do país. Uma política de educação para o futuro do país tem de passar pela gratuitidade de todos os graus de ensino e de garantir o direito de acesso, independente dos níveis de rendimento das famílias.

As pressões inaceitáveis contra a Escola Pública, sob o pretexto da liberdade de escolha, para manter negócios privados na área do ensino à custa do Orçamento de Estado e dos impostos que todos pagamos, designadamente os trabalhadores, levou a CGTP-IN a solidarizar-se com a Manifestação em Defesa da Escola Pública, no dia 18 de Junho, às 14h30, no Marquês de Pombal, em Lisboa, mas também a participar com uma grande mobilização nessa acção para defender a Escola Pública, os Serviços Públicos e as Funções Sociais do Estado, nomeadamente o Serviço Nacional de Saúde, a Escola Pública, a Segurança Social e a Cultura.

Ler folheto de apelo à participação frente.

Ler folheto de apelo à participação verso.

Mais... CONCENTRAÇÃO - 18 DE JUNHO - DEFENDER E REVIGORAR A ESCOLA PÚBLICA

UNIÃO DOS SINDICATOS DE LISBOA/CGTP-IN SUBSCREVE A PETIÇÃO EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA

UNIÃO DOS SINDICATOS DE LISBOA/CGTP-IN SUBSCREVE A PETIÇÃO EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA

No dia 1 de junho – Dia Mundial da Criança – a FENPROF terminará a recolha de assinaturas para a Petição em Defesa da Escola Pública, que promoveu e contou com mais de uma centena de personalidades da vida nacional como primeiros subscritores. A concluir mais um dia de recolha de assinaturas nas escolas e em bancas que serão organizadas em diversas localidades do país, a FENPROF estará presente na Feira do Livro de Lisboa onde, entre as 18 e as 20 horas, recolherá assinaturas na Petição que será entregue na AR e no ME na próxima sexta-feira. Só com um maior investimento na Escola Pública se garante o direito de todos a uma educação de qualidade!

Assinar a Petição.

Está em... Home Serviços Públicos