Dia Internacional da Mulher Celebrado com as Cantoneiras de Limpeza do Município de Lisboa

A União dos sindicatos de Lisboa e o STML, celebraram o dia Internacional da mulher com as trabalhadoras Cantoneiras de limpeza, no Centro Operacional de recolha de resíduos, nos Olivais.

Este dia transformou-se numa jornada Mundial, um símbolo de luta das mulheres contra todas as formas de opressão, discriminação e exploração, pelos seus direitos específicos e pela paz - razões que permanecem até aos dias de hoje.

Hoje as Mulheres encontram-se em várias áreas, factor de progresso alcançado no plano legislativo e na vida, trabalham em actividades invisíveis e muitas vezes desvalorizadas e mal remuneradas (mas essenciais), como é o trabalho desenvolvido por estes trabalhadores e estas trabalhadoras, que nunca pararam e contribuem para os serviços públicos essenciais à população do município de Lisboa.

Estas trabalhadoras estão no turno da noite, o que torna o trabalho mais penoso. Segundo um estudo da CGTP, mais de 1 milhão e 700 mil assalariados trabalha por turnos, à noite, ao sábado ou ao domingo ou numa combinação destes tipos de horários, 860 mil dos quais são mulheres (49% do total). Este tipo de horário tem crescido nos últimos tempos, abrangendo 41,5% do total das mulheres assalariadas. Este tipo de horários tem repercussões negativas na saúde dos trabalhadores e não favorece a efectivação do direito ao lazer e à cultura por parte destes trabalhadores.  Nesta Iniciativa contamos com a presença e intervenção da Secretária Geral da CGTP-IN Isabel Camarinha, que valorizou o trabalho desenvolvido por estes trabalhadores e da necessidade de aumentar os salários e valorizar as carreiras, porque só assim podemos combater a exploração e as Injustiças sociais e aspirar a uma sociedade mais desenvolvida e igualitária.

Privacidade

Está em... Home Temas Igualdade Dia Internacional da Mulher Celebrado com as Cantoneiras de Limpeza do Município de Lisboa