Reformados Concentram-se em Frente à Sede da Segurança Social

A Inter-Reformados Lisboa- CGTP-IN, organização de Reformados do distrito de Lisboa da CGTP-IN, em conjunto com o MURPI, Confederação Nacional de Reformados Pensionistas e Idosos, realizaram hoje uma Tribuna Pública, em frente à sede da Segurança Social, em Lisboa. Nesta iniciativa os reformados reivindicam o aumento de todas as pensões, melhoria dos serviços Públicos e por condições de vida dignas.

Os reformados e pensionistas denunciam o facto de não haver neste Orçamento de Estado (OE) medidas positivas que o governo enuncia.

Os reformados exigem o aumento real das pensões, que permita a autonomia económica e social dos reformados, por um forte investimento público em dominios vitais para um verdadeiro combate às desigualdades sociais e à pobreza nas áreas do SNS, da Segurança Social, na mobilidade, e transportes públicos, na habitação, no usufruto de bens, de bens energéticos a preços acessiveis.

Foi também manifestada solidariedade para com os trabalhadores noa activo alertando para a necessidade de interromper a espiral de baixas reformas e pensões, no futuro por via da valorização dos salários e do SMN para 850€, a curto prazo, que assegure a continuidade de aumento de receitas devidas à Segurança Social.

Na opinião das organizações este Orçamento de Estado deveria contemplar a reposição da idade da reforma para os 65 ano, a eliminação do factor de sustentabilidade e no assegurar do direito à reforma sem penalizações para todos os trablhadores com 40 e mais anos de descontos para a segurança social.

Os reformados, pensionistas e idosos reivindicam medidas concretas de combate à pobreza e à exclusão social por mais justiça social. A Tribuna terminou com a aprovação e entrega de uma Resolução.

Privacidade

Está em... Home Acção Reivindicativa Reformados Concentram-se em Frente à Sede da Segurança Social