Governo Prepara Despedimentos Em Larga Escala Nas Escolas Da Rede Pública

O Sindicato dos trabalhadores em funções públicas e sociais do Sul e a  Federação acusa o Governo, sob o pretexo da pandemia estar a preparar o despedimento de 2500 trabalhadores não docentes das escolas da rede pública. Artur Cerqueira da Federação afirma  que esta medida é inaceitável, não só porque estes trabalhadores já deveriam ter celebrados os seus contratos sem termo, mas também porque eles são indispensáveis ao funcionamento das escolas da Rede Pública, pelo que se impõem a revogação da medida agora publicada.

Estes trabalhadores, desempenham funções correspondem a necessidade.

Leia aqui o comunicado.

Está em... Home Acção Reivindicativa Governo Prepara Despedimentos Em Larga Escala Nas Escolas Da Rede Pública