Congresso

SAUDAÇÃO DA DELEGAÇÃO GERAL DA PALESTINA AO 11º CONGRESSO DA USL

saudação palestinaTivemos no 11º Congresso da USL, o Sr. Fadi, Secretário da Delegação Geral da Palestina em Portugal. Agradeceu à USL e à CGTP-IN a inquebrantável e militante solidariedade para com os trabalhadores e o Povo da Palestina, que lutam pela sua autodeterminação e independência, um direito reconhecido pela ONU e por todos os amantes da PAZ em todo o mundo.

Os trabalhadores palestinianos enfrentam grandes dificuldades. Devido à ocupação ilegal de Israel, da Cisjordânia e Gaza, há um enorme desemprego e péssimas condições de trabalho.

Os colunatos e o muro de separação e a repressão militar de Israel, tornam muito difícil a circulação dos palestinianos, mesmo para trabalhar.

Os trabalhadores palestinianos que trabalham em Israel ou nos colunatos israelitas nos territórios ocupados, têm os piores empregos, os mais baixos salários, falta de segurança social e de assistência médica.

Só o fim da ocupação Israelita e a existência de um Estado Palestiniano com capital em Jerusalém é solução para este conflito, que tantas mortes e sofrimento têm produzido.

 

Os sindicatos e os trabalhadores da Palestina exigem:

- O fim da ocupação israelita

- O desmantelamento do muro e dos colunatos 

- A libertação de todas as forças políticas palestinianas

- O regresso à Palestina dos milhões de exilados 

- Uma Palestina livre e soberana.

 

A Autoridade Palestiniana defende uma solução pacífica e negociada e agradece aos trabalhadores Portugueses, à CGTP-IN e à USL toda a solidariedade ao longo de muitas décadas.

REFORÇAR A ORGANIZAÇÃO - DINAMIZAR A ACÇÃO SINDICAL.

REFORÇAR A ORGANIZAÇÃO - DINAMIZAR A ACÇÃO SINDICAL.A intervenção de Jorge Antunes, membro da Comissão Executiva da Direcção Distrital da USL, apelou ao reforço da sindicalização. Para atingir esse objectivo é necessário identificar as empresas prioritárias; definir objectivos a atingir; acompanhar, avaliar e divulgar os resultados obtidos. É objectivo da USL para este mandato, sindicalizar mais de 25 mil trabalhadores, eleger mais de 1500 delegados sindicais e mais de 300 representes para a saúde segurança no trabalho.

JÁ COMEÇARAM OS TRABALHOS DO 11º CONGRESSO DA UNIÃO DOS SINDICATOS DE LISBOA!

JÁ COMEÇARAM OS TRABALHOS DO 11º CONGRESSO DA UNIÃO DOS SINDICATOS DE LISBOA!Está a realizar-se, entre hoje e amanhã, o 11º Congresso da União dos Sindicatos de Lisboa, a maior estrutura intermédia da CGTP-IN. Cerca de 250 delegados representantes dos sindicatos de todo o distrito, reúnem-se no Fórum Lisboa. Os delegados são chamados a contribuir para a discussão politica de onde sairão as linhas políticas orientadoras do trabalho da USL para os próximos quatro anos, que serão em si a afirmação do reforço do seu carácter de classe, só possível com o trabalho que os sindicatos têm desenvolvido na região de Lisboa, de reforço da luta dos trabalhadores. O início dos trabalhos foi precedido de um momento cultural, onde, a Companhia de Dança de Almada apresentou um excerto da Bailado "Olhares" que se move numa homenagem ao Cante Alentejano.

A intervenção de abertura do congresso foi realizada pelo Coordenador da USL, Libério Domingues.

 

Ler intervenção de Libério Domingues.

 

Ver fotografias do 11º Congresso.

CARTAZ DO 11º CONGRESSO DA USL

Cartaz 11º Congresso USL

PROGRAMA DE ACÇÃO

capa_programa_accao

CARACTERIZAÇÃO DO DISTRITO DE LISBOA

capa_caracterizacao_distrito

VÍDEO DE ABERTURA DO X CONGRESSO DA USL

Está em... Home Congresso