Acção De Protesto Contra O Despedimento De Trabalhadores Em Situação Precária Nas Escolas

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores Em Funções Publicas e Sociais, vai realizar uma concentração em frente ao Ministério da Educação, em Lisboa, no dia 30 de Julho, pelas 14h30. Esta acção de luta é contra a institucionalização da precariedade na escola pública; pela integração dos trabalhadores precários; pela nova portaria de rácios; por um ano lectivo com segurança e saúde para toda a comunidade escolar.

A acção é convocada na sequência de informações dadas pela Secretária de Estado da Educação, onde se confirma que o Ministro da Educação e o Governo pretendem manter uma politica de recursos humanos que visa institucionalizar a sazonalidade da contratação a termo certo resolutivo, a tempo parcial, à hora, por uma semana,....ao mês ou no máximo um ano lectivo. Esta situação atinge muitos trabalhadores nomeadamente os assistentes operacionais e assistentes técnicos.

Ler nota.

Privacidade

Está em... Home Emprego Acção De Protesto Contra O Despedimento De Trabalhadores Em Situação Precária Nas Escolas