A Urgência De Alargar A Resposta No SNS

Não há espaço para mais falhas no combate à pandemia

A Plataforma Lisboa em defesa do SNS, organização que a USL/CGTP IN integra, fez sair uma tomada de posição e aponta 11 medidas fundamentais, para o Governo assumir de forma a reforçar o SNS e dar resposta a todos, doentes e profissionais de saúde.

A actual situação epidémica e a dimensão da incidência deste surto representam um elevado grau de exigência ao nível das necessidades na saúde e de sobrecarga dos hospitais, centros de saúde e dos profissionais, sendo cada vez mais premente reforçar as medidas para conter a transmissão da infecção na comunidade e evitar a rotura do Serviço Nacional de Saúde - SNS.

Tem sido notável a luta empenhada dos profissionais do SNS para cuidar e salvar vidas humanas, tantas vezes com deficientes recursos, evidenciando uma capacidade de organização extraordinária, a par de uma reconhecida qualidade técnica e humana. A população começa a sofrer de “fadiga pandémica”, conforme já alertou a OMS, o que conduz a uma menor percepção dos comportamentos a assumir.

É preciso aprender com os erros das más políticas, para o SNS dar resposta à população

Para se atingir o necessário e urgente combate à pandemia, sem descurar a prestação de cuidados de saúde a patologias não COVID-19, é necessário e imperioso reforçar o SNS, a única estrutura nacional com competência e capacidade instalada para prover às necessidades de saúde da população. A maior responsabilidade de tratar deste gravíssimo problema de saúde pública cabe ao Governo que tem de antecipar as respostas adequadas para minimizar as consequências do elevado nível da epidemia no nosso país. Hoje, mais do que nunca, é preciso valorizar o SNS como serviço público essencial pois, apesar das dificuldades, foi quem respondeu às exigências dos novos tempos. A pandemia veio expor décadas de políticas de não investimento público seguidas pelo PS, PSD e CDS, que provocaram o encerramento de serviços e de milhares de camas hospitalares, e a sistemática falta de recursos humanos e de equipamentos clínicos.

Ler tomada de posição.

Privacidade

Está em... Home Políticas Sociais A Urgência De Alargar A Resposta No SNS