A Alameda voltou a encher com a manifestação do dia Internacional do Trabalhador

A Alameda voltou a encher com a manifestação do Dia Internacional do Trabalhador, “Lutar e Conquistar, Para o País Avançar “, foi o lema , neste dia que é acima de tudo um dia de luta mas também de festa e esperança forjada na luta pela melhoria condições de trabalho.

Este ano celebramos os 48 anos do 1º de Maio em Liberdade, pelos Direitos de Abril pelo emprego com direitos, pelos salários, pela igualdade no trabalho, contra a discriminação e a exploração.

Neste dia saímos à rua pelo aumento geral dos salários, está provado que os salários não promovem a escalada da inflação, o aumento gral dos salários e das pensões é determinante para a dinamização da economia, a criação de emprego, a sustentabilidade financeira da segurança social e o reforço das Funções Sociais do Estado.

A Secretária Geral da CGTP-IN, Isabel Camarinha referiu na sua intervenção …“ a subida dos preços com a electricidade, combustíveis e outros bens essenciais”… “têm como consequência o aumento do custo de vida, sobrando cada vez mais mês aos magros salários da generalidade dos trabalhadores”. O aumento da pobreza é preocupante, 1 em cada 10 trabalhadores é pobre. 1 em cada 5 crianças é pobre - porque os seus pais não ganham o suficiente para garantir a resposta às suas necessidades básicas.

A CGTP-IN exige medidas extraordinárias para responder ao aumento da inflação e defende o aumento extraordinário do salário mínimo para os 800 euros a partir de 1 de Julho, porque o aumento realizado já foi absorvido pela inflação.

 

Privacidade

Está em... Home Políticas Sociais A Alameda voltou a encher com a manifestação do dia Internacional do Trabalhador