OS REFORMADOS, PENSIONISTAS E O SINTAF RECUPERAM SUBSÍDIOS NÃO PAGOS!

Perante o anúncio pelo Banco de Portugal e da Sociedade Gestora de Pensões de não pagar o subsídio de férias e de natal aos reformados e pensionistas do BdP, o SINTAF – Sindicato dos Trabalhadores da Actividade Financeira, foi o primeiro a denunciar a ilegalidade cometida e nunca baixou os braços. Face a esta decisão escudada na «solidariedade com o Governo» por parte do BdP, o SINTAF solicitou de imediato uma reunião com a administração onde afirmou que, caso a ilegalidade não fosse de imediato reparada, recorreria a todas as formas de luta contra tal escolha de penalizar os reformados e pensionistas do BdP. Assim foi.
Com inúmeras lutas junto dos reformados, comunicados, acções de rua, paralelamente, o SINTAF fez queixas ao Provedor de Justiça, ao Banco Central Europeu e intentou acções judiciais em nome dos seus sócios.
Ontem, 10 de Fevereiro de 2014, em audiência de julgamento final, comprovou-se que o SINTAF e os reformados tiveram e têm razão: o BdP está obrigado ao pagamento dos subsídios retirados em 2012, com juros de 4%. Vale sempre a pena lutar!