Quase 40 mil postos de trabalho perdidos e 170 mil desempregados na AML

Os recentes números publicados pelo INE (relativos ao 4º trimestre e à média anual de 2020) confirmam a perda de emprego, o crescente desemprego e a subutilização do trabalho na Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Mais ainda, alertam para o facto de que o contexto de pandemia e da ausência de respostas eficazes na protecção do emprego e dos trabalhadores está a ter na região de Lisboa (AML) impactos ainda maiores que no conjunto do país.

É neste contexto, que a CGTP-IN convocou para o dia 25 de Fevereiro uma jornada Nacional de Luta descentralizada. Em Lisboa está prevista uma acção com concentração às 15h no Cais do Sodré para a Assembleia da República.  A melhoria das condições de vida e de trabalho dos trabalhadores e populações bem como o desenvolvimento da economia, passa inevitavelmente pela promoção e defesa do emprego com direitos.

Ler documento.

Privacidade

Está em... Home Emprego Quase 40 mil postos de trabalho perdidos e 170 mil desempregados na AML